Férias? Lugares incríveis em Minas!

dezembro 09, 2010

Pois é amiga, as férias estão aí e ficar em casa vendo TV e grudada no pc não rola, então vamos viajar? Siiiim! Mas para onde? Para a Serra do Cipó aqui em Minas Gerais!
Um dos lugares mais lindos que já visitei e visito quase todo mês rs, amo muito e se você também gosta de natureza, roça, fogão à lenha, cachoeira, ar puro, paz e muitos insetinhos é uma boa pedida para curtir um pouco das férias!
Cachoeira Grande - Serra do Cipó/MG

Para apresentar direito esse paraíso, um pouco de geografia (adoro) não faz mal a ninguém e juro que vai ser legal. A Serra do Cipó faz parte da Serra do Espinhaço e fica cerca de 90 km de distância de Belo Horizonte (pertinho). Mineiro sempre fala isso né, a gente não tem mar mas tem cachoeira, e bota cachoeira nisso, é uma mais linda que a outra que nem cabe todas nesse post! Essa da foto acima é a cachoeira Grande, tem 10 metros de altura e é linda, revigorante, 1 km mais ou menos de caminhada (dependendo do ponto de partida, claro!) e fácil acesso!

Cachoeira da Capivara - Serra do Cipó/MG
Outra cachoeira que eu sou fascinada é a da Capivara, é muito linda. A gente anda um mucadinho e de repente chega e vê uma coisa deslumbrante, vale cada passo dado! A caminhada dura mais ou menos 1 hora, sempre depende do ponto de partida e do ritmo de cada um né, eu sou lenta, o que era pra gastar 1 hora eu gasto 2 horas! rs! Quando vou pra lá fico às vezes em camping e quando estou sem paciência vou pra pousada. Na net tem muita informação sobre onde comer, dormir, como chegar e esse site é muito bom Serra do Cipó e o site da Estrada Real também. Na Serra do Cipó tem muita coisa, muitos lugares lindos, muitas cachoeiras, tentei colocar aqui uma apresentação simples porque quero falar mesmo é de outro lugar, também na Serra do Cipó, porém um pouquinho mais longe, que é o lugar que mais amo no mundo: a Lapinha da Serra!

Serra e Pico do Breu - Lapinha da Serra/MG
Fui pela primeira vez à Lapinha (carinhosamente chamada por mim de "minha Lapinha") há uns 7 anos atrás e de lá pra cá mudou muita coisa, claro, então antes de apresentar esse paraíso, quero chamar atenção para uma coisa importantíssima e que todo mundo já deve estar cansado de saber mas mesmo assim ainda temos muitos problemas: o turismo destrutivo e inconsciente. A natureza é nosso bem maior, tanto fauna quanto flora em equilíbrio. E se é assim, assim deve permanecer, porque não existe tristeza maior do que ver um lugar como esse e outros pelo mundo à fora destruídos por causas torpes e egoístas. Quando a gente visita paraísos ecológicos a gente tem sempre que lembrar que além desses espaços pertencerem a nós humanidade, pertencem acima de tudo à natureza como um todo. Tem uma frase que lembro sempre, é linda e mais do que correta que explica e resume bem o que quero dizer:
 "Não tire nada além de fotos, não deixe nada além de pegadas, não mate nada além de tempo, não leve nada além de lembranças.”

É isso, é simples, não podemos ser tão destrutivos assim, o segredo é esse, é lembrar que tudo que você faz pelo meio ambiente é feito para você e pra mim, então por favor PRESERVE!


Na Lapinha é assim, uns 300 ou mais ou menos habitantes, casinhas simples espalhadas, gente boa e gente ruim também, comida boa, cachaça boa e muuuita natureza, vistas inacreditáveis e uma vastidão que não tem fim, você olha para o horizonte e não vê onde ele acaba, você olha para cima e vê um céu lindo e uma serra esplendorosa e você caminha muito e encontra cachoeiras escondidas. É apaixonante!

Bicame - Lapinha da Serra/MG
De tudo que já conheci em Lapinha, de todos os lugares que já fui, dois me marcaram, emocionaram e não vou esquecer nunca, o primeiro é a cachoeira de Bicame que foi simplesmente a maior caminhada que já fiz na vida, rs, do vilarejo até a cachoeira tem cerca de 18 Km, isso tudo à pé dá umas 4 horas para ir mais outras 4 para voltar, ou seja, quase morri, da segunda vez que fui, já estava mais esperta, tênis certo e chápeu, nossa, chápeu é indispensável, porque o sol é muito forte e queima a cabeça e te deixa maluca! rsrs!

Pico do Breu (cruzeiro) - Foto: Google.

 O outro lugar é o pico do Cruzeiro. O segundo lugar mais alto da Serra do Cipó com 1.686 metros mais perto do céu e mais perto de Deus, só perde para o verdadeiro Pico do Breu que tem um metro a mais. É uma subida realmente incrível, um pouco cansativa, mas assim mesmo maravilhosa. Da primeira vez que fui, levei 3 horas para subir e umas duas para descer (tem gente que vai mais rápido, eu sou lenta mesmo!). Lá no alto é uma sensação incrível, a gente fecha os olhos e quando abre não acredita na visão incrível que se tem de lá de cima, e o vento, nossa é perigoso até você sair voando. Por falar nisso, nunca vi ninguém fazendo esportes tipo asa delta por lá na Lapinha, o vento é tão forte, tão forte que não há como, uma vez escutei uma história, de um carinha que tentou velejar na lagoa e a vela do pobre coitado quebrou todinha! Rs!
post, então para mais informações sobre a Lapinha entra nesse site Lapinha da Serra ou joga no google!

Vou fazer mais alguns roteiros de viagens legais que eu já fiz aqui em Minas, então o próximo destino é Lavras Novas!!
Espero que tenham gostado! Alguém conhece esses lugares que citei aqui? Conta pra mim o que achou?

Update:
As fotos que ilustram esse post foram tiradas da net de sites diferentes (alô google!), as minhas fotos dos meus passeios e viagens estão em outro HD e como não faço a menor idéia de como trocar ou pegar essas fotos (odeio quando mexem no meu pc) as da net servem porque também são lindas! Não dou os devidos créditos porque não sei quem tirou rs, mas se você é o autor de alguma delas é só falar!!! Obrigada! ;D